terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Sipam prevê terça-feira (2) de muito calor no Acre

Umidade do ar deve continuar baixando e atingir 20% (Foto: Reprodução/TV Acre)
O sol deve aparecer no Acre nesta terça-feira (2), mas sempre entre nuvens, é o que prevê o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam). A previsão para todo o Acre, incluindo a capital,Rio Branco, é de céu parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuvas e trovoadas em áreas isoladas, principalmente no período da tarde.
Em AcrelândiaTarauacá, Rio Branco, máxima é de 32°C e mínima de 22°C. EmBrasiléia e Sena Madureira, as temperaturas ficam entre fica entre 32°C e 23°C. Cruzeiro do Sul, máxima de 33°C e mínima de 23°C
FONTE.G1

Justiça determina que aluno soldado da Polícia Militar de Tarauacá que tinha suposto impedimento encontrado em laudo médico retorne ao curso de formação na capital.


Pela segunda vez em caso de candidatos hepáticos, uma decisão do Juiz de Direito da Primeira Vara da Fazenda Pública, Anastácio Lima de Menezes Filho, determinou desta vez que o aluno soldado VANDERLANDIO NASCIMENTO PESSOA voltasse ao curso de formação da Policial Militar do Acre, do qual o mesmo foi desligado em virtude de um impedimento médico, no qual a Polícia Militar, em tese, não deveria aceitar a investidura quem possuísse o referido problema.

Anteriormente, no dia 31 de outubro de 2014, o mesmo Juiz de Direito já havia ordenado a reintegração do aluno soldado JACKSON DE OLIVEIRA PEREIRA, candidato pelo Baixo Acre, que também tinha sido desligado do Curso de Formação da PMAC por ser portador de hepatite “B”.

Ambos alunos Soldados procuraram o Escritório Silva & Frota Advogados e Associados, escritório de Advocacia do Advogado Everton Frota, também natural de Tarauacá, para reaver a injustiça cometida em face dos mesmos.

A formação está sendo realizada no Centro de Ensino e Pesquisa em Segurança Pública Francisco Mangabeira (CIEPS).

As provas fornecidas no processo demonstraram que embora Vanderlandio Nascimento Pessoa tivesse um pequeno problema de saúde, sempre trabalhou em atividades com grande emprego de esforço físico, inclusive no depósito da Ronsy e na Fogás de Tarauacá. Além disso, os laudos acostados provaram que o serviço não ocasionaria problema e que não o incapacita para a função de soldado da policia militar.

Ao acolher o que foi requerido pelos advogados do escritório do Advogado Everton Frota, o Juiz afirmou, a sinalização de violação dos princípios da razoabilidade, da proporcionalidade e da dignidade da pessoa humana no ato administrativo que resultou na exclusão do jovem do curso de formação policial.

Juiz Anastácio de Meneses, que já foi magistrado aqui em Tarauacá, disse: “O autor, embora seja portador de Hepatite do tipo B, está apto para exercer atividades profissionais sem restrição, uma vez que aprovados nos rigorosos testes de aptidão física impostos pela corporação. Se o contexto fático é esse, não reputo justo e razoável que seja ele alijado sumariamente do curso de formação pelo simples fato de apresentar a referida doença.” 

“Penso que a justificativa para que exista uma fase de avaliação médica no concurso para o cargo de Policial Militar atrela-se à necessidade de se selecionar aqueles que ostentem boas condições de saúde para bem desempenhar as atividades do cargo e não simplesmente os indivíduos isentos de doenças.”

Abrahão Púpio, Secretário da AME/AC, relembra que as entidades milicianas sempre acreditaram no retorno dos 04 jovens excluídos por hepatite “B” ao curso de formação, atuando inclusive na confecção da petição inicial (também é membro da assessoria jurídica das entidades), e reiterando que continuará até o final do processo.

Os advogados Dr. Everton Ramos da Frota e Dr. Wellington Frank Silva, procuradores jurídicos do jovem candidato, ressaltou o bom senso no acolhimento das teses da defesa pelo Juiz Anastácio de Menezes, tendo ainda ficado muito satisfeitos, principalmente por poder fazer justiça mais uma vez em prol de um tarauacaense nascido na terra do abacaxi!

Vanderlandio regressou ao curso de Formação hoje pela manhã (01/12/2014) e já encontra-se a disposição da entidade, realizando os afazeres normais e poderá já no término deste mês de dezembro receber o seu 1º salário correspondente ao emprego público no qual estudou e se dedicou para poder galgar a realização do sonho de se tornar um Policial Militar Acreano!

FONTE.blog do accioly

Assaltantes matam 3 vigilantes e explodem carros-fortes na BR-153

Era próximo das 14h30 de segunda-feira, (01/12), quando uma ação ousada de roubo aconteceu na BR-153, no município de Morrinhos-GO. As primeiras informações colhidas pelo Correio Sul Goiano são de que três carros-fortes da empresa Federal Transporte de Valores faziam o trajeto Goiânia a Itumbiara, após terem saído da capital por volta das 12h30, com valores que seriam entregues no Banco do Brasil de Itumbiara. Havia 12 seguranças, sendo 4 em cada veículo.
Mas, no Km 646 da BR-153 eles foram vítimas de emboscada. Um caminhão Mercedes Benz vermelho de carroceria de madeira foi atravessado na pista bem à frente dos três 3 carros-fortes e os ladrões começaram a atirar.
Imediatamente os três carros-fortes tentaram retornar pela via, mas foram surpreendidos por outro caminhão Mercedes Benz de cor amarela e carroceria baú que também foi atravessado na pista. Portanto, os 3 carros da empresa de valores ficaram presos dentro de um espaço de aproximadamente 50 metros, entre um caminhão e outro. Os dois caminhões foram tomados de assalto na rodovia.

FONTE.ariquemes190

domingo, 30 de novembro de 2014

Exército sobrevoa fronteira do AC em busca de pistas de pouso clandestinas

Sobrevoo tentou identificar pistas clandestinas na fronteira do Acre com o Peru (Foto: Vanísia Nery/ G1)

O 61º Batalhão de Infantaria de Selva (61ºBis) de Cruzeiro do Sul (AC) realizou, na manhã de sábado (29), sobrevoos na área de Queimadas, próximo ao Rio Azul, localizado no município de Mâncio Lima (AC) e em outra área próximo a Marechal Thaumaturgo, na fronteira com o Peru, próximo à Serra Nacional do Divisor. Através de informações e imagens de satélite repassadas pelo Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), a equipe buscava identificar duas pistas clandestinas nas localidades.
A ação faz arte da "Operação Curaretinga II", iniciada no dia 20 de novembro. Durante a manhã, foram realizadas quatro missões na região. O helicóptero resgatou uma equipe de militares que se encontrava na localidade de Queimadas fazendo o reconhecimento da área com levantamento de dados junto a comunidade, em seguida, a equipe sobrevoou a área em busca de identificar uma das pistas clandestinas, mas não foi encontrada.
“São quatro missões na mesma pernada, como chamamos. Nós fizemos um reabastecimento de combustível em Marechal Thaumaturgo. Também fizemos o reconhecimento de uma pista clandestina, que recebemos a informação do Sipam. Nosso pessoal sobrevoou a pista para tentar confirmar a existência dela", explica.
Durante a missão, o Exército não conseguiu confirmar a existência de nenhuma das pistas apontadas.
De acordo com o comandante do 61º Bis, tenente-coronel Maurício Magiole, o Sipam identifica através do satélite uma possível pista em razão de um desmatamento visível, podendo ser ainda uma área de desmate ou queimada, sendo necessária a vistoria em loco para só então confirmar se a imagem vista por satélite se trata ou não de pista irregular.
Caso as pistas tivessem sido encontradas e pessoas ou aeronaves tivesse sido avistadas nos locais, o helicóptero do Exército pousaria na pista para identificar a ação executada  e identificar as pessoas.
Militares não conseguiram confirmar a existência das pistas irregulares nas regiões de fronteira do Acre  (Foto: Vanísia Nery/ G1)

domingo, 26 de outubro de 2014

Tião Viana supera Marcio Bittar em mais de 9 mil votos e é reeleito governador do Acre

tiao-reeleitoTião Viana teve 51,29% dos votos válidos neste segundo turno no Acre/Foto: Sérgio Vale
Com 51,29% dos votos validos, Tião Viana (PT) foi reeleito governador do estado do Acre. Viana ganhou do adversário Marcio Bittar (PSDB) que obteve 48,71% dos votos válidos. A diferença entre Viana e Bittar foi de 9.851 votos de diferença.
Tião Viana ganhou nos dois principais colégios eleitorais do Acre, Rio Branco e Cruzeiro do Sul. Em Rio Branco Viana obteve 50,59% dos votos válidos, contra 49,41 de Bittar. A diferença de votos na capital foi de 2.311 votos. Em Cruzeiro do Sul, o candidato petista obteve 51,09% dos votos válidos contra 48,91% de Bittar, totalizando uma diferença de 760 votos. Marcio Bittar obteve maior número de votos em Sena Madureira, onde conquistou 9.148 contra 7.045 de Viana.Está foi a terceira vez que o Acre decidiu uma eleição em segundo turno. A última vez que a disputa tinha sido arrastada para um segundo turno foi em 1994, há exatos 20 anos quando Orleir Cameli venceu Flaviano Melo.
De médico a político: veja a trajetória de Tião Viana
Sebastião Afonso Viana Macedo Neves, mais conhecido como Tião Viana, (Rio Branco, 9 de fevereiro de 1961) é um médico e político brasileiro, graduou-se em medicina na Universidade Federal do Pará, entre 1981 e 1986.
Em 1987, concluiu o Curso de Especialização em Medicina Tropical, do Núcleo de Medicina Tropical da Universidade de Brasília/Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro. No ano seguinte, fez pós-graduação em Clínica Médica no Hospital Universitário de Brasília.
Em 1994, entrou em uma disputa eleitoral pela primeira vez, quando foi candidato a governador do Acre, obtendo o 3º lugar, com 24% dos votos. Em 1998, foi eleito ao Senado Federal.
Quando era vice-presidente da casa, assumiu interinamente a presidência do Senado de 15 de outubro a 11 de dezembro de 2007, quando o então presidente Renan Calheiros afastou-se e, em seguida, renunciou ao cargo. Uma nova votação elegeu Garibaldi Alves Filho, do PMDB, para comandar o Senado.
Concorreu à presidência do Senado em fevereiro de 2009, sendo derrotado pelo Senador José Sarney por 49 votos a 32.
Em 3 de outubro de 2010, foi eleito governador do Acre no primeiro turno com 50% dos votos válidos. Seu irmão, Jorge Viana, ex-governador do estado, foi eleito senador no mesmo pleito.
Fonte.contilnetnoticias.com.br/

Após 20 anos, Acre escolherá governador em 2º turno das eleições

Marcio Bittar e Tião Viana avaliam debate na TV Acre (Foto: Yuri Marcel/G1)
Com a disputa entre Marcio Bittar, do PSDB e Tião Viana, do PT, os eleitores acreanos terão que voltar às urnas pela primeira vez em 20 anos para eleger um governador no segundo turno, no próximo domingo (26).  A última vez que dois candidatos ao governo do estado foram decididos no segundo turno foi em 1994.

O voto ainda era manual e na disputa ao governo do Acre e quatro candidatos se enfrentavam: Duarte José do Couto Neto, do Prona, Flaviano Melo, do PMDB, Orleir Cameli, do agora extinto Partido Progressista Reformador (PRP) e o atual governador e candidato à reeleição em 2014, Tião Viana (PT).

De acordo com a base de dados divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com 79.331  votos válidos, o equivalente a 46,80% do eleitorado, Cameli acabou ficando em primeiro lugar no primeiro turno, seguido de Flaviano Melo, que obteve 46.280, o equivalente a 27,30% dos eleitores.
Curiosamente Tião Viana, que nas eleições de 2014 disputa o segundo turno com Marcio Bittar, do PSDB, acabou ficando no terceiro lugar em 94, com apenas 41.830 votos, o equivalente a 24,68% dos eleitores. Viana seria depois eleito por duas vezes senador da República nas eleições de 1998 e 2006 e só voltaria a disputa para governo em 2010, quando acabou sendo eleito.
Mas o segundo turno em 94 acabou ficando mesmo entre Orleir Cameli e Flaviano Melo. Cameli, falecido em maio de 2013 vitimado por um câncer no intestino. Orleir era empresário e havia entrado para a política em 1992, ocasião em que acabou também sendo eleito prefeito de Cruzeiro do Sul, segunda maior cidade do Acre a 648 km da capital Rio Branco. Quinze meses após a eleição, ele deixou o cargo para tentar o executivo estadual.

Orleir Cameli (a direita) e Flaviano Melo disputaram o segundo turno nas eleições de 1994, no Acre (Foto: Reprodução)
Já o engenheiro civil Flaviano Melo, que hoje é deputado federal pelo Acre, em 1994 já havia sido prefeito de Rio Branco, entre 1983 e 1986, e governador do estado, entre 1987 e 1990. Em 1994, ele era ainda senador da República pelo Acre
Na disputa entre os dois, Cameli manteve e ampliou a vantagem  que havia tido no primeiro turno sobre o adversário e obteve 53,66% dos votos, ou seja 91.997 votos.  Enquanto isso, Melo ficou em segundo com 46,34%, ou 79.436 votos.

Cameli ficou no poder até 31 de dezembro de 1998, quando foi substituído por Jorge Viana (PT), depois disso não exerceu mais nenhum cargo público.


FONTE.G1

Conselho de Contabilidade divulga edital de concurso público; salário chega até R$ 2 mil

concurso
O Conselho Regional de Contabilidade (CRC) do Acre divulgou nesta sexta-feira (24) o edital para o concurso público que oferece seis vagas e cria cadastro de reserva para diversas áreas. Os salários variam de R$ 800 a R$ 2 mil.
Os interessados poderão efetivar as inscrições por meio do site www.crcac.org.br a partir das 8 horas do dia 27 de outubro, encerrando às 23h59 do dia 24 de novembro. A taxa de inscrição é de R$ 40 para os cargos de Nível Fundamental, R$ 60 para os cargos de Nível Médio e R$ 80 para os cargos de Nível Superior.
O pagamento da taxa poderá ser realizado até o dia 25 de novembro. No dia 1º de dezembro, o candidato poderá verificar a confirmação da inscrição.
As oportunidades de trabalho são para Auxiliar de Serviços Gerais e Motorista (fundamental); Agente Administrativo, Técnico em Contabilidade e Técnico em Informática (médio); e Analista Administrativo e Contador (Superior).
A empresa responsável pela seleção dos candidatos é a Portinari Educacional.
As provas objetivas e de redação estão previstas para o dia 21 de dezembro, apenas em Rio Branco.
Os candidatos que necessitarem de atendimento especial ou declararem ser portador de alguma deficiência deverão informar a Portinari até o dia 11 de novembro, seguindo as regras previstas em edital.
Os interessados poderão efetivar as inscrições por meio do site www.crcac.org.br